Unidade de conservação em Itaperuna

A cidade de Itaperuna, no Noroeste Fluminense, vai ganhar uma unidade de conservação municipal. A Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e a Prefeitura local promoveram, na noite da quinta-feira (16), uma consulta pública no auditório da Faculdade Redentor, no centro desse município. O objetivo foi apresentar para a população os estudos técnicos elaborados pela SEA, em parceria com a Prefeitura local, que apontam quais as áreas que farão parte dessa nova unidade de conservação.

Os estudos técnicos apontaram para a criação de um Monumento Natural Municipal, uma categoria de proteção integral estabelecido pelo Sistema Nacional das Unidades de Conservação (SNUC), que irá abranger uma área com, aproximadamente, 912 hectares situado na Serra do Paraíso, na localidade conhecida como Floresta, no Distrito de Retiro do Muriaé, em Itaperuna. A nova unidade protegerá ainda inúmeras nascentes de vários córregos contribuintes do Rio Muriaé.

A Secretaria de Estado do Ambiente, através de sua Superintendência de Biodiversidade e Florestas, desenvolve o Programa de Apoio às Unidades de Conservação (ProUC) que tem a finalidade de apoiar os municípios na criação e na implementação de unidades de conservação com a realização de estudos técnicos, vistorias, seleção de áreas adequadas à conservação, capacitação, elaboração de projetos,no levantamento e análise de dados geográficos e criação de mapas das UCs.

A coordenadora do Programa ProUC, a bióloga Renata Lopes comemorou o resultado da consulta pública:

“Mais uma importante unidade de conservação municipal será criada. A adesão dos municípios é fundamental e  esperamos que esta iniciativa continue contagiando secretários municipais e prefeitos em todo o estado”, disse Renata.

O secretário de Meio Ambiente de Itaperuna, Waldriano Terra, ressaltou que a consulta pública foi um sucesso e que a população aprovou a iniciativa:

“A nossa intenção é, com a criação desta unidade de conservação, transformar o município em um importante polo turístico da região. Além disso, vai ajudar Itaperuna com o ICMS Verde”, destacou o secretário.

 

Fonte: Ascom SEA / INEA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *