Curso de gestão em políticas públicas

Estão abertas as inscrições para o Curso de Formação de Gestores em Políticas Públicas do projeto Baixada para Cima!. As aulas são gratuitas. A iniciativa é fruto de parceria com professores do Departamento de Sociologia/projeto de Extensão QUANTIDADOS, da Sub-reitoria de Extensão da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O curso tem o objetivo de contribuir para a qualificação profissional de gestores e técnicos das prefeituras da Baixada Fluminense, técnicos dos CRAS e CREAS destas prefeituras, líderes comunitários da região e representantes das Organizações da Sociedade Civil.

O Baixada para Cima! é um projeto que conta com o co-financiamento da União Europeia, apoio da Regione Marche, e coordenação da instituição italiana Comitato Internazionale per lo Sviluppo dei Popoli (Comitê Internacional para o Desenvolvimento dos Povos) – CISP, e da ONG brasileira Se Essa Rua Fosse Minha – SER.

O curso trata-se de uma iniciativa voltada para a qualificação dos recursos humanos das prefeituras da Baixada Fluminense e sociedade civil da região, bem como um esforço de aproximação desses atores igualmente engajados nos debates em torno dos temas de educação, saúde, cultura, assistência social e juventude. Para este ano serão abertas 40 vagas. As inscrições podem ser feitas até 9 de agosto. Os interessados devem preencher formulário no link goo.gl/STgr17. Outras informações pelo telefone 2667-9265, pelo email brasil@cisp-ngo.org, no blog http://baixadaparacima.blogspot.com.br/ ou na página https://www.facebook.com/baixadaparacima/

O Curso de Formação de Gestores em Políticas Públicas 2017 terá carga-horária de 30 horas na modalidade presencial. As aulas serão a partir de 30 de agosto, toda quarta-feira (exceto feriado), das 9h às 16h, no Sesc São João de Meriti. A formação terá as disciplinas: Gestão em Políticas Municipais; Orçamentos Governamentais para a Sustentabilidade; Introdução à Teoria da Política Pública; Processo de Formulação de Políticas Públicas; Orientações para a Elaboração de Diagnóstico; Indicadores Sociais; Fonte de recursos financeiros; Implementação de Políticas Públicas; e Metodologia de Avaliação de Políticas Públicas.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *