Rio: mais de 800 operações de ordenamento

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) chegou ao número de 805 ações, nas quais coordenou ou atuou desde o início de janeiro até o dia 23 de julho.  Foram operações da Macrofunção de Ordenamento e Gestão Sustentável dos Espaços Públicos (Mosep), de ordenamento e fiscalização ou em apoio a outros órgãos municipais e estaduais. No período, a Seop esteve presente em diversos bairros das zonas norte, oeste, sul e região central da cidade.

Nesta terça-feira, 25 de julho, a secretaria realiza ação integrada de ordenamento no Largo da Carioca; avenidas Almirante Barroso e Rio Branco; entorno da Praça Mario Lago; e ruas Rodrigo Silva e da Assembleia, sentido Largo da Carioca, no centro do Rio. Participam da operação a Guarda Municipal do Rio, braço operacional da Seop, a Coordenadoria de Gestão de Espaço Urbano, ligada à Secretaria Municipal de Fazenda, além de agentes do Centro Presente e representantes da Superintendência do Centro.

Lava a jatos clandestinos – A atuação dos lava a jatos clandestinos na Rua Visconde de Niterói e Avenida Radial Oeste, na Zona Norte do Rio, está sendo coibida pela Mosep, que é coordenada pela Seop. A ação já resultou em 74 veículos infracionados. A aplicação das multas foi uma das soluções encontradas pela Seop para desarticular o esquema que além de ocupar indevidamente calçadas e parte das vias, atrapalhando o trânsito, se mantém com a prática de crimes como o furto de água e de energia elétrica. A autuação é por estacionar sobre a calçada ou faixa de pedestre, infração considerada grave pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), com multa de R$ 195,23 e perda de cinco pontos na carteira.

Parceria PM e Seop – No último dia 19 de julho, a Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), ligada à Seop, deu início a uma parceria com a Polícia Militar (Pmerj). O objetivo é atuar em ações para retirar de circulação motocicletas em situação ilegal que podem ser utilizadas em práticas criminosas. Até o momento 130 motos com algum tipo de irregularidade foram removidas.

Central do Brasil – Em maio, a Prefeitura do Rio e o Governo do Estado montaram operação conjunta de ordenamento urbano na Central do Brasil e entorno. A Polícia Militar, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e equipes de outros nove órgãos municipais participaram da ação que resultou em uma pessoa presa em flagrante por furto, e no recolhimento de quase 4 mil mercadorias de ambulantes ilegais e 28 toneladas de lixo, além de 95 veículos infracionados e 36 removidos. Dois carros furtados abandonados na área da Central foram recuperados e a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos realizou 87 abordagens de pessoas em situação de rua, com 32 acolhimentos.

 

Fonte: Ascom SEOP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *