Vereador do Rio envia nota de repúdio

O vereador Jones Moura (PSD), presidente da Comissão Especial de Segurança Pública da Câmara Municipal, repudia o anúncio feito pelo Ministro da Defesa Raul Jungmann, na última segunda-feira (31/7), de que os guardas municipais vão ajudar no reforço da segurança do Rio.

Em nota enviada para imprensa, o parlamentar, que é guarda municipal licenciado, diz que a decisão será um grande equívoco por parte dos governos federal, estadual e municipal, tendo em vista que, enquanto os integrantes das Forças Armadas, da Força Nacional e das Polícias Militar e Rodoviária Federal estão devidamente armados, os cerca de 7,5 mil guardas municipais do Rio serão colocados como escudo humano para enfrentar bandidos que usam até fuzil para diariamente fazerem vítimas na cidade.

“Homens uniformizados com cassetetes nas ruas não estão fazendo saúde e nem educação, apenas segurança pública. Mas esses mesmos homens vêm sendo tratados como escoteiros. É de conhecimento público que mesmo os criminosos que atuam nos ‘pequenos delitos’ andam armados e muito bem armados. Os guardas estarão expostos, sem qualquer chance de se defenderem, apenas com um pedaço de pau nas mãos. Já temos 92 policiais militares mortos só este ano, no Rio. Com essa atitude, passaremos a contar os óbitos de guardas municipais”, afirmou Jones.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *