Itaguaí promove vacinação em alunos

A Secretaria de Saúde de Itaguaí está colocando em prática um programa de atualização da caderneta do adolescente, destinado aos alunos das escolas particulares da cidade. O objetivo é imunizar os estudantes que muitas vezes não procuraram os postos de vacinação para receber  dose das vacinas  contra o HPV, meningite C, febre amarela, hepatite B, triviral entre outras.

A ação é pioneira no município e outras escolas estão sendo contatadas para receberem a equipe de vacinação da secretaria. Segundo a coordenadora de Imunização de Itaguaí, Núbia Grazziela, a falta de atualização da caderneta dos alunos de escolas particulares é muito grande.  “A maioria dos alunos das unidades de ensino público tem a caderneta em dia, são poucos aqueles que não foram imunizados. No entanto, a realidade é diferente do estudante das escolas particulares, onde muitos deixam de ser vacinados”, explica.

A primeira escola que participou do projeto foi a União Educacional Sul Fluminense (UESF), no centro, nesta quinta-feira (10/8). Durante todo o dia estudantes, funcionários e até os pais aproveitaram a oportunidade para serem vacinados. “Encontramos vários alunos que não estavam com a vacinação em dia. A receptividade foi muito boa e a procura grande. Acredito que o atraso na caderneta do adolescente ocorra até pela falta de tempo dos responsáveis em procurar uma unidade de saúde de Itaguaí”, revela a coordenadora de imunização.

Pais e escola aprovam o programa

A proposta de levar à escola o programa de vacinação recebeu a aprovação não só dos pais dos alunos da UESF, como da própria direção. Para a coordenadora Pedagógica, Solimar Oliveira, o programa deve atender toda rede privada de educação. “Achei ótima a ideia trazer para a nossa escola a vacinação. Muitas vezes os pais não tem tempo para irem a um posto de saúde vacinar os filhos. Com este programa, fica mais fácil. Espero que as outras escolas adotem o mesmo procedimento, porque é muito importante”, afirma.

Para a dona de casa Janaína Prata, a iniciativa da Secretaria de Saúde foi positiva. “Achei ótimo trazer para a escola a vacinação. Minha filha de 13 anos colocou em dia a caderneta do adolescente, já que faltavam algumas vacinas. Ela, como os outros estudantes, podem ficar tranquilos porque estão vacinados. Conversei com vários pais que apoiaram o projeto da Secretaria de Saúde. Foi bom também porque até os pais puderam se vacinar. Espero que este tipo de ação seja constante e atenda todas as escolas da cidade”, finaliza.

 

Fonte: Ascom Prefeitura de Itaguaí

Foto: Rui Okada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *