EncontrArte em Nova Iguaçu

Antígona, com Andréa Beltrão, abre a programação do EncontrArte no Sesc Nova Iguaçu. 

 Figurinistas, cenógrafos, produtores, enfim, são inúmeros os empregos diretos e indiretos gerados por uma produção teatral. Imagine um festival que reúne várias peças e profissionais que trabalham ao longo de todo o ano para levar a melhor programação para o público. Até o dia 8 de outubro acontece a 16ª edição do EncontrArte – Encontro de Artes Cênicas da Baixada Fluminense – e com ele a discussão em torno dessa economia criativa que envolve a produção teatral e que cada vez mais se desenvolve no país.

Com o patrocínio da Petrobras por meio das leis de incentivo do Brasil, do Governo do Rio de Janeiro e da Secretaria de Estado de Cultura e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, o EncontrArte também conta com a parceria do Sesc e da prefeitura e câmara municipal de Nova Iguaçu. O festival vai homenagear nesta edição a atriz Andréa Beltrão, que abrirá o evento com a peça Antígona, dia 28 de setembro, 20h no Sesc Nova Iguaçu. A homenagem local será feita a Cesário Candhí, ator e dramaturgo, e in memoriam o troféu será para o grande ator Paulo Goulart.

“A arte além de tudo é um oficio e como tal deve ser reconhecido e remunerado. Não podemos nos esquecer jamais disso, senão perdemos totalmente a razão da nossa luta por melhores condições de trabalho”, diz Fábio Mateus, um dos diretores do EncontrArte.

Em 15 anos de existência, o EncontrArte já apresentou 247 espetáculos, além de 31 oficinas, nove seminários e reuniu mais de 100 coletivos da Baixada Fluminense em apresentação de espetáculos, cortejos e performances artísticas. Cerca de 200 mil pessoas já passaram pelo evento desde então, que já prestou 18 homenagens a artistas nacionais e 16 a artistas regionais.

Ao longo de 11 dias o município de Nova Iguaçu receberá o principal festival de teatro da Baixada Fluminense respeitado em todo país, que este ano trará 17 espetáculos, sendo 10 adultos e 7 infantis. Todos apresentados gratuitamente, com retirada de senha a partir de uma hora antes de cada espetáculo.  O público ainda terá uma manhã inteira de atrações no último dia do evento, domingo (8), haverá uma maratona de amor às crianças e a família. O “Dia de Fazer o Bem” traz uma programação com atrações diversificadas de arte (Teatro, recreação, cidadania, entre outros) na Praça do DPO em Miguel Couto, entre 9 e 13h. Nesse dia haverá a distribuição de brinquedos, arrecadados durante o festival, em comemoração ao dia das crianças. O Teatro Sylvio Monteiro além de programação teatral, servirá de palco no dia 2 de outubro para uma discussão em torno da economia criativa.  Coletivos e pessoas ligadas à área cultural, apresentarão pensamentos e propostas para o setor na Baixada Fluminense e regiões periféricas. O evento acontece das 9 às 12h.

“É muito gratificante poder levar arte e educação de graça para uma região que ainda é muito carente e com pouca visibilidade. É uma honra reunirmos uma programação com espetáculos diversos de nosso Brasil”, dizem Claudina Oliveira e Tiago Costa também diretores do festival.

O Sesc Nova Iguaçu fica na Rua Dom Adriano Hipólito, 10 – Moquetá, Nova Iguaçu – RJ,

Entrada Gratuita em todos os espetáculos.   Mais Informações: (21) 3066-0054 e 98552-3055

Toda a programação, detalhes e informações através do site: http://encontrarte.com.br/agenda/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *