Botafogo derrota o Coritiba no Brasileiro

Pé na Bola

Por: Leandro Cézar

Foto: André Durão / Globoesporte.com

A vitória por 3 x 2 colocou o Fogão no G6

No último domingo (24), Coritiba e Botafogo foram para o campo visando dois objetivos: o Coxa luta para sair da zona do rebaixamento, enquanto o Fogão luta para se classificar para a Taça Libertadores da América 2018, o técnico Jair Ventura fez um pacto com os jogadores para conseguir essa classificação.

O Botafogo jogou com o mesmo time que foi eliminado pelo Grêmio, em Porto Alegre, no segundo jogo das quartas de final da Libertadores na quarta-feira (20). O Coritiba vem tentando se acostumar a jogar sem seu principal jogador, Kleber. Aos 15 minutos do primeiro tempo, Thiago Carleto cabeceou próximo ao Gatito Fernandez. No momento, a equipe curitibana manteve mais a posse de bola.

O Fogão perdeu boa chance de gol aos 17 minutos com o centro-avante Roger que livre e em velocidade chutou para fora, as duas equipes se estudaram muito com medo de tomar o primeiro gol. O jogo tinha pouco ritmo e sem criatividade quando, aos 33 minutos, Rodrigo Lindoso colocou a mão na bola dentro da área. O árbitro marcou pênalti para o Coritiba e Thiago Carleto foi para a cobrança. Ele bateu e Gatito defendeu.

Em seguida, saiu o gol do Coxa. Aos 35 minutos, Werley de cabeça abriu o placar depois da cobrança de falta do Carleto. O Coritiba teve a chance de ampliar o placar aos 42 minutos, mas Gatito Fernandez fez a defesa.

O segundo tempo começou com uma alteração no Botafogo: saiu Matheus Fernandes e entrou Marcos Vinicius. Os dois começaram a segunda etapa com muita cautela para não tomar gol, principalmente o Botafogo que estava em desvantagem. O jogo melhorou aos 11 minutos, quando Roger empatou para o alvinegro numa cabeceada perfeita sem chance de defesa para o goleiro Wilson. O centro-avante faz uma grande temporada.

Pouco tempo depois o Botafogo virou com Guilherme, após receber cruzamento do Bruno Silva aos 18 minutos. O glorioso melhorou muito  em jogada de velocidade com o mesmo Guilherme que passou para Bruno Silva finalizar, só que Wilson espalmou aos 26 minutos. O Coxa empatou aos 37 minutos com Thiago Carleto na cobrança de falta sem chance de defesa para Gatito. O time curitibano ainda esperava sair de campo com um bom resultado.

O Botafogo não deixou a partida ficar empatada. Aos 38 minutos, o alvinegro virou novamente, dessa vez, com João Paulo que matou no peito e chutou sem chance de defesa para Wilson.

O Botafogo tem uma defesa muito boa, mas precisa melhorar as jogadas aéreas porque vem tomando gols bobos, assim como no jogo contra o Grêmio na última quarta-feira (20), em Porto Alegre, foi também contra o Coritiba. O alvinegro vai ter uma semana livre para trabalhar e precisa melhorar as jogadas aéreas para que nos próximos jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *