Rio recebeu Congresso Nacional de Nanismo

Inclusão e conscientização marcam o segundo Congresso Nacional de Nanismo no Rio de Janeiro.

O Rio de Janeiro recebeu mais uma vez o Congresso Nacional de Nanismo, no último fim de semana. Agora com a Lei nacional sancionada, o movimento contou com mais um motivo para comemorar. Foram dois dias de atividades para conscientização e combate ao preconceito a pessoa com nanismo. O dia oficial escolhido foi o 25 de outubro, mas ocorrerão diversas ações e atividades em todo mês, organizado pela Associação de Nanismo do Estado do Rio de Janeiro (ANAERJ).

Na última sexta (13), o auditório do Museu do Amanhã foi escolhido para receber mais de 200 pessoas, entre familiares, autoridades e pessoas com nanismo, para tirar dúvidas com médicos especialistas, em palestras com temas pertinentes a deficiência. Participaram os geneticistas, Dr. Juan Llerena e Dra. Dafne Dain do Instituto Fernandes Figueira (IFF), o ortopedista especialista em cirurgia de alongamento de ossos, Dr. Rodrigo Mota, a nutricionista, Mirella Rosa, a neurocirurgiã Dra. Flavia Alves, também do IFF e o educador físico, Ronny Rocha.

Compareceram autoridades nacionais e do Estado do Rio, como o Deputado Federal Otávio Leite e Pedro Paulo, além de representantes da primeira dama da cidade do Rio, Jane Crivela, da Deputada Estadual, Daniele Guerreiro (autora da Lei estadual), do vereador da cidade, Thiago K. Ribeiro (autor da Lei municipal) e o Subsecretário da Pessoa com Deficiência do Rio, Geraldo Nogueira, representando o Prefeito, Marcelo Crivela.

Já no domingo (14), no segundo dia de encontro, no Memorial Getúlio Vargas, na Glória, o Desfile Inclusivo, com pessoas de diferentes tipos de nanismo, fechou o congresso com chave de ouro. Antes dos modelos desfilarem na passarela, o evento contou com uma roda de conversa entre personalidades com a deficiência. Participou os atores, Leonardo Reis (Gigante Léo), Giovanni Venturini e a atriz, Juliana Caldas, que estreia na próxima novela do horário nobre da Rede Globo, onde será abordado o tema “Nanismo”. A musa do Viradouro, Viviane de Assis, deixou o seu recado e o testemunho de vida da pequena, Carla Abreu. As crianças deram um show a parte, no desfile e na apresentação musical.

A Presidente da ANAERJ, Kenia Rio, comemorou o sucesso do evento. “Precisamos mostrar para a sociedade que não somos somente frutos do humor e da comédia, somos médicos, advogadas, atores, blogueiras, passistas, bancários, cantores, funcionários públicos e mostramos que nossos sonhos são bem maiores do que o nosso tamanho. Estamos lutando para deixar um legado para a nova geração, diminuindo o preconceito e abrindo portas para a acessibilidade e inclusão”, destacou.

As comemorações continuam. No dia 23 de outubro, o vereador de Niterói, Bruno Lessa, oferece uma homenagem a ANAERJ, em uma Sessão Solene na câmara da cidade niteroiense, no dia 25, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) fará uma audiência pública sobre o tema, assim como a Câmara Municipal do Rio de Janeiro, na pessoa da Vereadora, Luciana Novaes, oferece também uma audiência, sobre “Nanismo e duas adversidades” no dia 27. Mais informações nas redes socias da @anaerjoficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *