Queimados realiza pesquisa com moradores

Visando otimizar os investimentos públicos e saber o real interesse cultural da população, a prefeitura de Queimados, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realizou, em parceria com o curso de produção cultural do IFRJ (Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro), campus Nilópolis, uma intensa pesquisa para identificar também os hábitos culturais dos queimadenses. O levantamento foi realizado em 15 bairros, além de praças e escolas públicas e particulares do município,  entre de março e outubro deste ano.

Na pesquisa foram ouvidas cerca de 600 pessoas, de 16 a 55 anos. O levantamento foi coordenado pelo subsecretário adjunto de Cultura e Turismo, Leandro Santanna, que destacou a importância de conhecer a necessidade da população: “Não há como pensar política pública sem dados. Para saber quanto será gasto, temos que pesquisar. O objetivo da pesquisa de indicadores culturais é inserir as questões da vida cultural dos moradores no centro de uma discussão que não é nova e que está muito longe de terminar”, destacou.

hábitos culturais O Projeto/Pesquisa é um marco na história da cidade de Queimados, visto que se trata do primeiro levantamento estatístico sobre os hábitos de consumo cultural e de lazer realizado pela Secretaria de Cultura e Turismo. O secretário de Cultura e Turismo Marcelo Lessa, destacou os resultados da pesquisa para programar os eventos culturais: “Temos um calendário cultural anual na cidade, mas ter uma pesquisa deste nível norteará o governo sobre as novas ações, agradando o maior número de pessoas, possível”, destacou.

A pesquisa é de caráter quantiqualitativo e se embasa no estudo bibliográfico e na coleta de entrevistas estruturadas com 22 questões distribuídas em perguntas objetivas e discursivas, aplicadas em campo de fluxo populacional com a finalidade de realizar o levantamento dos hábitos e/ou práticas culturais e de lazer que são de interesse dos moradores da cidade de Queimados.

Durante o período de coleta de entrevistas, foram realizadas 646 entrevistas sendo considerados as pesquisas completamente respondidas pelos entrevistados. Desse amostral foram considerados para a tabulação os dados 540 questionários.

Maiores interesses da população queimadense

Entre as atividades de maior interesse, 346 dos entrevistados disseram que preferem ouvir música, seja sozinho ou acompanhado de uma grande plateia. Assistir filmes ou séries de TV, DVD ou internet ficou em segundo lugar com 335 votos. Outras 298 pessoas responderam que gostam de ir a parques e praças públicas, academias e Vilas Olímpicas. Aliás, este é o local mais procurado pelos entrevistados da pesquisa. Outros dados importantes mostram que 287 responderam que gostam de ir a shows de música, apresentações ou festivais, 265 gostam de shopping ou outro lazer e 248 preferem festas populares típicas ou religiosas.

Já as festas populares e típicas ganharam destaque no gosto popular. Das 292 pessoas pesquisadas, apenas 44 pessoas disseram não gostar deste tipo de evento. A maioria também revelou gostar de shows de música e festivais com 263 respostas positivas do total de 277.

Segundo o presidente do Conselho de Cultura de Queimados, Fabrícius Caravana que participou da apresentação da pesquisa na manhã desta terça, 28, no teatro Delcy de Souza, na Praça CEU – Planeta Futuro, a pesquisa é reveladora e um marco para a cultura local. “Penso que de hoje em diante, não tem mais como a população reclamar que as atividades culturais promovidas pelo poder público não são de interesse geral, afinal essa pesquisa é norteadora e embasada em institutos sérios”, enfatizou.

 

Fonte: Ascom Prefeitura de Queimados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *