Inclusão do VLT no Bilhete Único

O deputado estadual Marcelo Simão, também presidente da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ), deu entrada na Mesa Diretora da Casa, na última terça-feira (12), juntamente com outros parlamentares, o Projeto de Lei (PL) nº 3696/2017 que solicita a integração do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) com o Bilhete Único.

O PL altera a Lei nº 5628 que institui o Bilhete Único nos serviços de transporte coletivo intermunicipal de passageiros no Rio de Janeiro.  Em seus artigos, será acrescentado o inciso VII que inclui o valor da passagem do modal do VLT quando tiver integração com os outros meios de transportes, como as barcas, por exemplo. “A iniciativa irá beneficiar milhares de usuários do Bilhete Único, que fazem uso do VLT e que pagam modal cheio, gerando um custo a mais no orçamento”, destacou o deputado Marcelo Simão.

Quando o Bilhete Único foi criado em 2009 o VLT não existia e por isso não era integrado aos transportes públicos.  Atualmente, os usuários das barcas pagam R$5,90 e mais R$3,60 no VLT. Em março de 2018, o PL será discutido em mais uma audiência pública, onde poderá ser definida uma data para votação.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *