Servidores inativos de Queimados

O ano de 2017 já passou, mas as recordações de dias difíceis ainda estão na memória de muita gente. Numa época em que grande parte dos setores públicos e privados viveu uma grave crise financeira, resultando em falta de pagamento e inúmeras demissões, na contramão desse cenário tenebroso, os servidores inativos de Queimados tiveram o que comemorar. O Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do município (PREVIQUEIMADOS) aumentou seu patrimônio em 3,03% – maior que a Inflação oficial que fechou o ano com 2,95% -, chegando a quase R$ 83 milhões. A previsão para 2018 é que haja um superávit de 56%.

Os números da atual gestão são impressionantes. Quando assumiu o cargo de diretor-presidente da autarquia, em agosto de 2013, o Dr. Marcelo Fernandes tinha cerca de R$ 51 milhões em caixa. Atualmente, com os R$ 83 milhões, o crescimento real do patrimônio foi de quase 63%, em menos de 5 anos. Entretanto não há fórmula mágica. Os valores são resultados de rendimentos dos fundos que formam a carteira de investimentos do PREVIQUEIMADOS, dos repasses da Prefeitura de Queimados e da economia da taxa administrativa.

O prefeito Carlos Vilela ressalta a importância da independência financeira do Instituto de Previdência e destaca a importância para os beneficiários da autarquia. “Estes números mostram uma grande administração do PREVIQUEIMADOS. Em um momento econômico difícil, este rendimento traz segurança para os nossos aposentados e pensionistas que podem ficar tranquilos quanto ao futuro. Eles que tanto lutaram enquanto estavam na ativa, podem ter a paz de ter o dinheiro que vai prover seus salários em boas mãos”, elogiou.

Os números retratam uma força financeira que se, hipoteticamente, o dinheiro parasse de render, o PREVIQUEIMADOS ainda teria caixa suficiente para honrar com seus compromissos por 70 meses, ou seja, quase seis anos com salários de aposentados e pensionistas em dia. “Às vezes me perguntam qual o segredo e respondo que não tem. Aqui nós temos uma administração austera com o dinheiro público, economizamos ao máximo, e isso, no fim, traz um bom, retorno no patrimônio dos nossos beneficiários”, destacou.

A previsão é de dias ainda melhores. Com a recuperação da economia, o mercado financeiro também prevê alta para este ano. Estes bons resultados somados à inclusão de novos servidores ativos na Prefeitura de Queimados, o PREVIQUEIMADOS estima que o patrimônio da autarquia chegue a R$ 130 milhões em 2019, o que significaria um aumento em quase 56%. Marcelo ainda garante uma novidade para 2018: “Nós vamos ter a nossa sede própria. Já temos todos os estudos e projetos concluídos e, agora, faltam poucos detalhes para esta grande aquisição. Isso vai resultar em uma grande economia também em alugueis”, ressaltou.

Fonte: Ascom Prefeitura de Queimados

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *