Novos reservatórios de água em Queimados

O problema da falta d’ água, que ainda assola alguns bairros de Queimados, está com os dias contados. O governo do estado, por meio da CEDAE, está construindo dois novos reservatórios de água na cidade, o Queimados I, localizado no bairro Vila Nascente e o Camburi, na Vila São João.  A Prefeitura doou os terrenos para que a concessionária fizesse as intervenções que estão 89% executadas. As obras fazem parte do Programa de Abastecimento de Água para a Baixada Fluminense e consistem ainda na elevatória de Austin, o Booster Queimados-Austin, o assentamento de 103 km de rede e a instalação de 10 mil hidrômetros.

Com capacidade para cinco milhões de litros d’água, o reservatório Queimados I, de estrutura metálica, está em execução e com previsão de entrega em até quatro meses. Além do Queimados I, a CEDAE irá instalar outro reservatório metálico no município, o Camburi, com capacidade para 2,5 milhões de litros, com previsão de inauguração ainda em 2018. Em Queimados, também foram assentados, até agora, 103 km de adutoras, troncos e redes de distribuição, restando apenas 300 metros de tubulação para conclusão das obras de assentamento.

Para incrementar a oferta de água do município, o pacote ainda conta com uma elevatória em Austin, que irá abastecer os reservatórios Queimados I e Camburí e será concluída até março, quando o equipamento entrará em operação. O booster terá capacidade de bombear até 1.128 litros de água por segundo e vai operar em conjunto com a adutora Austin-Queimados (já existente), reforçando o abastecimento do município de Queimados e de Austin, em Nova Iguaçu.

O prefeito Carlos Vilela fez questão de acompanhar de perto o andamento dos trabalhos e ressaltou que as obras, após serem concluídas, vão erradicar a falta d’água em toda a cidade. “Desapropriamos os terrenos para tornar possível a construção desses reservatórios que serão os responsáveis por abastecer diversos bairros e vão beneficiar mais de 200 mil moradores de Queimados e de cidades vizinhas”, destacou.

Também participaram da visita, o diretor técnico da CEDAE, Humberto de Mello, o assessor técnico do programa de abastecimento de água na Baixada, André Cruzeiro, o responsável pela CEDAE/Queimados, Emidio Cerqueira e o coordenador Washington Santana.

O programa

 

Orçado em R$ 3,4 bilhões, fruto de empréstimo da CEDAE junto à Caixa Econômica Federal, o Programa de Abastecimento de Água para a Baixada Fluminense beneficiará cerca de 2,2 milhões de habitantes. As obras incluem assentamento de cerca de 100 km de adutora, implantação e reforma de 17 elevatórias, construção de 17 reservatórios e reforma de outros oito, e assentamento de 517 quilômetros de troncos de adução e de distribuição.

Além de Queimados, as obras estão em andamento nos municípios de Duque de Caxias, São João de Meriti, Belford Roxo, Nilópolis, Mesquita e Nova Iguaçu.

 

Fonte: Ascom Prefeitura de Queimados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *