Fiocruz promovem curso de capacitação

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com a Secretaria de Vigilância Sanitária de Belford Roxo,  estão promovendo, até junho, o curso “Educação Popular em Saúde”, que tem como um dos objetivos melhorar as práticas e prevenções do combate a doenças, possibilitando assim uma maior interação entre a população e os guardas de endemias. O curso, que conta com a participação de cerca de 30 pessoas de diversos segmentos da sociedade, como por exemplo, integrante do Conselho Municipal de Saúde e lideranças comunitárias. As aulas são ministradas uma vez por semana, na sede da Secretaria de Vigilância Sanitária, em Heliópolis.

O educador popular em saúde da Fiocruz, César Paro, explicou que o curso irá abordar diversos temas como dengue, Zika e relação do guarda de endemias, entre outros assuntos. “O curso é necessário para darmos uma boa base ao trabalho dos guardas de endemias e a todos os participantes. Precisamos debater os problemas e buscarmos soluções”, concluiu Cesar Paro, que estava acompanhado pela guarda de endemias da Fiocruz, Dorilea Carvalho.

O secretário municipal de Vigilância Sanitária, Gilson de Souza, avaliou como importante  para capacitar os guardas de endemias e lideranças comunitárias, que serão multiplicadores de informações. “Nós indicamos as pessoas e a Fiocruz fez a seleção para o curso. Atualmente temos 240 guardas que atuam em 30 bairros do município. O curso é importante para eles, pois estão no contato diário com a população”, finalizou Gilson,  acrescentando que o último curso de educação popular em saúde foi ministrado no município há mais de quatro anos. “Conseguimos resgatar esta importante ferramenta de capacitação”, arrematou.

Participante do curso, o guarda de endemias Reinaldo Mendes salientou que o curso é importante para adquiri conhecimento adicional. “Saímos com boa base e a capacitação nos mostra o quanto é importante fazermos o que gostamos, pois o trabalho flui melhor”, resumiu.

Fonte: Ascom Prefeitura de Belford Roxo

Foto: Rafael Barreto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *